Presidentes de FAPs se reúnem na ACATE

O Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) prossegue até o dia 9 de março, com extensa programação de discussões sobre o fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação. Estão reunidos em Florianópolis presidentes e representantes das 26 Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados brasileiros, além de agências nacionais e internacionais, parceiras do Confap. A realização do evento é da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Com a presença de autoridades políticas e científicas, pesquisadores e empreendedores, o fórum foi a aberto oficialmente, na noite da última quarta-feira, dia 7 de março. A solenidade foi realizada na sede da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) e foi marcada pela assinatura de atos referentes ao fomento à ciência, tecnologia e inovação em Santa Catarina.

A presidente do Confap e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, abriu a cerimônia ressaltando o foco dado às discussões sobre inovação que permearão a realização deste Fórum. “O Confap propicia a permanente coordenação de nossas atividades, propõe ações conjuntas e articula o sistema estadual de ciência e tecnologia. Nossos encontros possuem relevância estratégica e política. Daí, a enorme importância de estarmos aqui, nesse espaço do Acate, tendo a Fapesc preparado com tanto empenho esse Fórum com foco na inovação”, destacou.

Ela disse ainda que o Estado de Santa Catarina é hoje referência nessa área e que isso mostra o empenho do governo estadual em investir em políticas públicas com foco na ciência, na tecnologia e na inovação que trarão resultados efetivos para toda a sociedade. “A escolha da Fapesc por inserir na abertura do Confap o evento de entrega dos fomentos aos contemplados no Sinapse da Inovação é um momento em que o Brasil aqui reunido pode confirmar o êxito do Programa e das ações de inovação do Estado. Santa Catarina é um exemplo para o Brasil e esse investimento em ciência e inovação, esse trabalho contínuo coloca o estado hoje na liderança e destaque no País, em inovação”, salientou.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) têm se mostrado importantes pilares para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação no País. Durante a solenidade, o ministro anunciou que serão discutidas, durante o Fórum, novas ações com as FAPs, como um novo edital Universal e programas de pesquisa para a educação básica e para a agropecuária sustentável. “Eu quero não apenas convidar, mas convocar as Fundações para que elas possam participar efetivamente com suas contribuições para que a gente possa mostrar que o Brasil sai da crise e encontra seu caminho, principalmente, com o apoio da ciência, da tecnologia e da inovação”, sublinhou.

O governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, que assumiu a administração estadual há poucas semanas, ressaltou que esse papel da pesquisa científica, tecnológica e de inovação será garantido em seu mandato. “Assumi o governo recentemente e escolhi saúde e educação como áreas prioritárias. Mas fui buscar na Acate tecnologias para serem aplicadas nessas áreas que já começam a dar sinais. Santa Catarina vai avançar com o investimento em inovação e tecnologia”, finalizou.

Assinatura de atos e homenagens
Durante a solenidade de abertura do Fórum do Confap, foram lançadas atividades de fomento à ciência, tecnologia e inovação em Santa Catarina, além de assinatura de atos. O governo assinou convênio para a promoção e fortalecimento do ecossistema de inovação e do Centro de Inovação de Itajaí e lançou edital de chamamento público para o credenciamento de plataformas de armazenamento em nuvem interessadas na cessão de imagens de câmeras de segurança à Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina.

Também foram premiados cinco pessoas que obtiveram a melhor pontuação na Bolsa de Valoração de Ideias do Sinapse da Inovação, promovida pela Fundação Certi. Após o ato, foi assinado o Termo de Ratificação do Acordo CNPq-Fapesc para a concessão de bolsas em nível de graduação e mestrado para os executores técnicos de cada um dos mais de 100 projetos contemplados na chamada pública do Sinapse da Inovação. Foi assinado, ainda, o termo que visa a inserção de bolsistas qualificados em empresas geradas no âmbito do Sinapse.

 

Alguns dos presidentes e representantes de FAPs

Coordenação de Comunicação Social do Confap.