Associações de Inovação e Investimento escolhem Florianópolis como sede do Summit Brasil

 

 

O tema central escolhido busca retomar a ideia de que “a união faz a força”, já que para desenvolver um ecossistema de inovação sólido é necessário a criação de ambientes colaborativos e com ações em todas as frentes. O Summit será um ponto de encontro de atores públicos e privados, nacionais e internacionais, envolvidos no processo de empreendedorismo inovador; entidades e outros atores que atuam com o desenvolvimento e a operação de mecanismos de suporte ao empreendedorismo e à inovação; instâncias de governo, setores produtivos e formadores de opinião; disseminadores das culturas de inovação, propriedade intelectual e transferência de tecnologia interessados em cooperar com a capacitação, a formação e o desenvolvimento de profissionais envolvidos no esforço dessas áreas para as entidades de C,T&I que atuam no país; gestores e CEOs de empresas de grande, médio e pequeno porte com foco em inovação; da comunidade de investimentos de longo prazo, em âmbito nacional e internacional, e de entusiastas na construção de um ambiente ideal para as startups transformarem o país

 

A Sede

Florianópolis-SC não foi selecionada para sediar o evento por acaso. A região abriga, atualmente, mais de 16 mil empreendedores e o número de empresas de tecnologia subiu 3,42% entre 2015 e 2017. Considerando os últimos 30 anos, o crescimento foi de 10.000%.

De acordo com relatório do Bradesco BBI, divulgado em 15 de fevereiro de 2019, Florianópolis tem 3% da população brasileira, mas possui 20% das startups do país. Segundo Acate, o setor tecnológico já representa 5,6% do PIB do estado, com um faturamento de R$ 15,5 bilhões.
Fonte: Abipti