Aula Magna marca início de nova turma do Entra21-Blusoft

Foi realizada na manhã de quarta-feira, 25, a Aula Magna da turma de 2018 do Programa Entra21-Blusoft. Os alunos assistiram a uma palestra do empresário Henrique Bilbao, presidente da Himaker, empresa de Blumenau que desenvolve sistemas multiplataformas com inteligência artificial. Foram selecionados 378 jovens entre 2.226 inscritos. Ambos os números são recorde.

O Governo do Estado apoia o Entra21-Blusoft por meio da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). O professor Sergio Luiz Gargioni, presidente da instituição, destacou a emoção de participar de mais uma aula magna do Entra21-Blusoft: “Cursar o Entra21-Blusoft é um privilégio dado aos selecionados. Vir aqui sempre significa recarregar as baterias com a constatação de que existe esse programa. Os alunos que se formam pelo Entra21 têm a oportunidade de uma grande transformação. O programa já virou uma grife por sua qualidade”. Ele ainda destacou: “Está sendo notório o crescimento da região do Vale do Itajaí em relação ao mercado de TI, e saber que teremos mais de 300 novos profissionais para este segmento que não para de crescer, é um estímulo para todos nós”.

Também estiveram presentes  na solenidade o prefeito de Blumenau Mário Hildebrandt, o vice-reitor da Furb, Udo Schroeder, o deputado Ismael dos Santos, representante da Assembleia Legislativa e o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Blumenau Emerson Antunes, representando o governador Eduardo Pinho Moreira. Ele destacou a atuação do Estado no programa: “o Entra 21 é um investimento que o Governo realiza e que traz resultados para todos os setores, pois além da tecnologia da informação, estes novos formandos movimentam o mercado de trabalho e são inseridos de uma forma mais rápida em um setor que não para de crescer”.

O coordenador do Programa Entra 21, Sérgio Tomio, informou no seu discurso de abertura que o número de empresas que tem buscado encontrar profissionais para a área da tecnologia da informação em Blumenau tem aumentado e o programa se consolidou como formador destes novos profissionais ao longo de sua história. “Estamos iniciando a 13ª edição do Entra 21, e com certeza, teremos mais uma grande turma de profissionais prontos para começar no mercado de trabalho e ajudar a suprir esta demanda de tecnologia que temos nos dias atuais.” Ele apresentou gráficos mostrando que o número de alunos se elevou ao longo dos anos, sendo que os custos diminuíram: em 2006, foram 270 alunos e hoje o número aumentou para 370. “O custo por aluno caiu pela metade graças aos métodos de ensino que evoluíram e às ferramentas utilizadas”, declarou.

Aberto a jovens de 16 a 29 anos, o Programa Entra 21 chega a 13 anos de atuação e já formou mais de 4 mil alunos na área da TI com índice de 75% de encaminhamento para o mercado de trabalho.  Também recebe investimentos da prefeitura de Blumenau e empresas âncoras. Uma das novidades este ano é que cerca de 60% dos alunos terão aulas complementares de língua estrangeira – inglês e alemão.
Fonte: Ascom Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau e Assessoria Entra21 – Blusoft

Foto: ADR Blumenau