Blusoft realiza aula magna do Entra21 com presença do governador

As oportunidades do setor da Tecnologia da Informação foram o tema central da aula magna da nova turma de alunos do programa Entra21, em Blumenau. O evento foi realizado na manhã desta terça-feira,13, no Teatro Carlos Gomes, com a presença do governador Raimundo Colombo. O Entra21 capacita jovens dos 16 aos 29 anos de idade para o mercado de trabalho na área da tecnologia e da comunicação. Na última edição, além da contrapartida municipal, o Governo do Estado investiu, via Fapesc, R$ 800 mil no programa.

A cerimônia foi prestigiada também pelo presidente da FAPESC, Sergio Gargioni, que aparece à mesa na foto. Foto: Julio Cavalheiro-SECOM

“Esse programa é uma referência para Santa Catarina e para o Brasil, porque capacita e cria oportunidades, especialmente aos jovens, para que se especializem na nova economia, na informática e na tecnologia. É um programa versátil, de tal forma que consegue se adaptar à evolução e às exigências do mercado. Com isso, o nível de aproveitamento dessa mão de obra se materializa na oferta de trabalho. Para o Estado, é geração de emprego e de desenvolvimento”, aponta o governador Raimundo Colombo.

O coordenador do Entra21, em Blumenau, Sérgio Tomio, reitera que o setor da Tecnologia da Informação ainda carece de mão de obra qualificada e reforça o alto índice de empregabilidade entre os participantes do programa. “A grande maioria dos nossos egressos já está fazendo carreira nas empresas da região e até no exterior. Quem se dedica, certamente, terá um futuro promissor nessa área”, projeta.

Formada no Entra 21 em 2014, a ex-aluna Roberta falou da importância de ter participado do programa. Ela conta que, assim que concluiu a capacitação, foi chamada para trabalhar em uma empresa especializada na produção de softwares odontológicos. “Entrei como estagiária e hoje sou a gerente comercial da empresa. O Entra 21 foi fundamental, me qualificou, direcionou minha carreira e mudou minha vida”, comemora.

Representantes das empresas apoiadoras e parceiras do programa reforçaram que o curso é uma referência para a captação de mão de obra. “Diminui a necessidade de buscar profissionais de outros lugares e oportuniza aos jovens a chance de construir a vida profissional. Com toda a certeza, muitos dos que estão aqui hoje serão novos colegas de trabalho em um futuro breve”, informou um dos empresários que deram depoimento durante a aula magna.

Sobre o Entra21-Blusoft

No município de Blumenau, no Vale do Itajaí, o setor de Tecnologia da Informação está entre os que mais empregam, sendo que as maiores empresas da área projetam a necessidade de grandes volumes de contratação de mão de obra especializada nos próximos meses.

Cerca de 60% destes empregos estão na área de desenvolvimento e programação, que oferecem bons salários. Jovens com idade entre 16 e 29 anos interessados em ingressar neste mercado podem participar dos cursos totalmente gratuitos oferecidos pelo programa Entra21-Blusoft, que forma em torno de 300 novos profissionais a cada ano.

Os interessados devem estar cursando ou concluído o ensino médio e devem ser residentes em Blumenau ou cidades vizinhas. O programa atende também pessoas com deficiência. As aulas podem ser feitas no período matutino, vespertino ou noturno.

Os cursos em linguagem de programação têm carga horária de 400 horas e duração de cinco meses. Já as demais capacitações contam com 200 horas em média em três meses.

Desde 2006, o programa já beneficiou e encaminhou milhares de jovens para empregos de qualidade. O programa é financiado pelo Governo do Estado através da Fapesc, pela Prefeitura de Blumenau e pelas empresas de Blumenau e região.

Ele nasceu da necessidade de formação e reposição de mão-de-obra para o setor de informática do Vale do Itajaí, representado pelo Blusoft – Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região de Blumenau.

Centro de Inovação reforça investimentos do Estado na área da Tecnologia

Outro investimento do Governo do Estado na área da Tecnologia em Blumenau é a construção do Centro de Inovação. A obra será uma incubadora de novos projetos na área e conta com investimentos de R$ 6,7 milhões.

Para o governador Raimundo Colombo, o espaço é fundamental para os avanços, as discussões e o fomento de iniciativas que vão resultar em novas oportunidades e desenvolvimento para todas as regiões do Estado.

“Esse é o nosso diferencial, temos bons equipamentos, a exemplo das universidades, que capacitam a nossa mão de obra e nos colocam à frente no mercado de trabalho, fortalecendo a nossa competitividade. Cada vez mais isso é decisivo. Quem não for eficiente, não tiver acesso às tecnologias do futuro, vai perder o espaço”, disse Colombo.

As obras do Centro de Inovação de Blumenau estão 40% concluídas e a previsão é que estejam finalizadas no primeiro semestre do ano que vem.

Em todo o Estado estão sendo construídos 13 Centros de Inovação. Além de Blumenau, as cidades de Lages, Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, São Bento do Sul, Tubarão, Brusque, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul terão as estruturas.

Fonte: Francieli Dalpiaz – Assessoria de Imprensa – Secretaria de Estado de Comunicação