Capacitações realizadas pela Fapesc e Rede Laço incentivam projetos de inovação social

Capacitar o Terceiro Setor para a elaboração de projetos inovadores e captação de recursos foi o motivador da ação da Rede Laço de Voluntariado, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), ao longo de 2021. Em três eventos, quase 100 pessoas participaram do treinamento. 

As oficinas oferecidas nos municípios de Florianópolis, São João Batista e Tubarão reuniram gestores, voluntários, técnicos de entidades e organizações. Entre os temas abordados estiveram inovação social e sua aplicação na realidade local e institucional; roteiro e fatores de sucesso de um projeto de captação de recursos; mecanismos de captação de recursos; elaboração de projetos de inovação social; e principais aspectos relacionados à prestação de contas.

A coordenadora e assistente social do Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente do Município de Capivari de Baixo (Ceaca), Rosa Machado Silveira, já trabalha com a elaboração de projetos e enfatiza a necessidade de constante atualização na área. “Os temas abordados são muito atuais e foi de suma importância para a elaboração de projetos futuros. Se você não se atualiza, a entidade fica para trás e quem perde é a nossa clientela, que precisa de profissionais atuantes para buscar melhores resultados. Sou grata à Rede Laços e à Fapesc que nos proporcionaram esse momento”, salienta.

A coordenadora das capacitações, Luciana Flor, afirma que a iniciativa vai gerar, a curto e médio prazo, impactos positivos no desenvolvimento das capacidades locais e regionais dos agentes do Terceiro Setor, o que por consequência, fortalecerá o trabalho das Organizações da Sociedade Civil. “Foi uma excelente oportunidade de a Fapesc contribuir, de forma ainda mais efetiva, com a disseminação e a reflexão sobre os conceitos, aplicações e importância da inovação social. Acreditamos que assumindo esse novo posicionamento estratégico, as organizações do Terceiro Setor possam diversificar e ampliar suas receitas e, otimizar suas ações, resultados e impactos na estrutura social”, reforça. 

Apoio ao Terceiro Setor

A presidente da Rede Laço e primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva, considera que a parceria com a Fapesc veio para somar e ajudar a realização do sonho da Rede Laço em fortalecer o Terceiro Setor em Santa Catarina. “Além dos profissionais experientes e qualificados, a Fapesc é referência em pesquisa e inovação. Essa é a combinação perfeita para capacitar e dar autonomia às Organizações da Sociedade Civil do nosso estado”, afirma. “As oficinas realizadas em 2021 foram um sucesso e já é possível ver os frutos dos conteúdos aplicados, tanto na elaboração de projetos para captar recursos quanto na estrutura e organização dessas instituições”, complementa.

Segundo o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, a parceria com a Rede Laço objetiva gerar debates sobre inovação social, de grande importância para o desenvolvimento de um estado e de uma nação. Para Holthausen, as capacitações irão colaborar para que as instituições acessem novos recursos e recursos qualificados para desenvolver as diversas regiões catarinense. “Quando se fala em inovação, muitas pessoas acabam associando apenas à tecnológica, mas a inovação social e de impacto social tem muita relevância para a sociedade. Ao mesmo tempo em que geram novos empreendimentos, contribuem para a melhoria da vida nas regiões”.