Chapecó sedia seminário sobre Energias Renováveis

O mundo está consumindo cada vez mais energia elétrica. Por essa razão, precisamos pensar em formas mais sustentáveis de produção. Pensando nisso, o 1º Seminário Internacional de Energias Renováveis reuniu cerca de 700 pessoas em Chapecó para debater o tema. O evento aconteceu nesta terça (06/06) e quarta-feira (07/06), no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, e contou com palestrantes do Brasil e do exterior.

A Fundação Científica e Tecnológica em Energias Renováveis (FCTER) promoveu o Seminário com o objetivo de disseminar novas formas de produção energética e que colaborem com o meio ambiente. Também apoiaram o evento a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), empresas, universidades e outras instituições.

Conforme o presidente da FCTER, Gilson Vivian, o Seminário buscou conscientizar o público sobre o tema. “O grande desafio é despertar nas pessoas a importância em se produzir novas formas de energia, para que possam cada vez mais se beneficiar delas. Essa é uma forma de fazer a diferença no mundo em que vivemos”, acrescenta o empresário.

Durante os dois dias de programação, o público pôde participar de oito palestras, cada uma delas ofertada com a parceria de uma universidade apoiadora. A participação do professor Mario Nicotera, da Itália, teve o apoio da Unochapecó. Na noite de terça-feira, ele trouxe ao público informações sobre o mercado fotovoltaico na Europa.

Para o coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Universidade, professor Cristiano Zimmermann, é fundamental conhecer novas formas de produção energética, visando a busca pela economia e pelo cuidado com o meio ambiente. “Nesse evento participaram pesquisadores, engenheiros e empresas que atuam no ramo de fontes renováveis de energia. Foi uma grande oportunidade para a comunidade acadêmica debater sobre o tema, conhecer o que está sendo produzido e também o que está disponível no mercado desse segmento”. Além das palestras, o evento contou com stands de universidades e empresas apoiadoras do Seminário.

 

Sobre a Fundação

A FCTER é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, que tem como parceiros apoiadores as organizações públicas e privadas, instituições de ensino superior públicas, comunitárias e privadas, instituições de pesquisa, empresas privadas e associações de entidades de classe. A Fundação tem suas ações voltadas ao desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação.

 

Fonte: UNOCHAPECÓ