Confap e Medical Research Council (UK) lançam chamada para pesquisa em saúde pública

Com o objetivo de promover melhorias no sistema de saúde e nos cuidados com a saúde de populações vulneráveis no Brasil, por meio da pesquisa científica, tecnológica e de inovação, o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Medical ResearchCouncil (MRC), no contexto do Fundo Newton, lançaram a Chamada Pública MRC-ConfapCall for Health Systems Research Networks.

Foto: MRC/Divulgação.

A Chamada busca fomentar parcerias entre pesquisadores de instituições do Reino Unido e do Brasil. Participam, do lado brasileiro, especificamente, os Estados de Alagoas, Ceará, Goiás,Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina, São Paulo, Paraíba, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal – cujas FAPs aderiram ao edital.

São esperadas propostas que gerem impactos positivos na melhoria do sistema de saúde, sobretudo nas evidências que influenciem tomadores de decisão nas políticas públicas e práticas ligadas à saúde pública. Os projetos também devem sugerir intervenções baseadas nas evidências de pesquisa tanto em nível local, quanto nacional, de modo a orientar o caminho para a adoção de novas rotinas nos cuidados com as populações carentes. São reconhecidas, ainda, as necessidades de colaborações interdisciplinares, com contribuições das ciências sociais, da biomedicina e outras disciplinas para os desafios complexos relacionados ao crescimento do sistema de saúde.

Elegibilidade

A Chamada será fomentada por meio da parceria entre pesquisadores do Reino Unido e do Brasil. Cada projeto deve ser estruturado em uma rede que envolva áreas interdisciplinares e pesquisadores de, no mínimo, duas FAPs que aderiram ao edital (máximo quatro FAPs) e de um parceiro no Reino Unido. Os proponentes deverão elaborar uma única proposta na qual estarão definidos os Investigadores Principais (Principal Investigator – PI) de cada parte envolvida.

Para os proponentes do Reino Unido, os critérios de elegibilidade, bem como os a política de recursos do RCUK/MRC estão descritos no MRC Guidance forApplicants (https://www.mrc.ac.uk/documents/pdf/guidance-for-applicants/) e RCUK (http://www.rcuk.ac.uk/funding/eligibilityforrcs/).

Os MRC UnitsandInstitutes também são elegíveis para se candidatar à Chamada.

Para os proponentes de instituições brasileiras, os critérios de elegibilidade estarão disponíveis no site do Confap. É importante, também, que o proponente procure sua respectiva Fundação para verificar a existência de possíveis critérios adicionais. As propostas devem identificar o PI e oCo-PI de cada FAP, sua instituição de origem e o seu papel nas atividades propostas.

Recursos

Para esta Chamada serão disponibilizados recursos de até dois milhões de libras esterlinas por parte do Reino Unido e até dois milhões de libras esterlinas como fomento equivalente das Fundações brasileiras. São esperados os fomentos de 8 a 12 projetos no total, sendo o valor de fomento para cada projeto variável, de acordo com as propostas apresentadas.

Os proponentes não precisam necessariamente pedir valores iguais para os dois lados financiadores. A diferença deverá levar em consideração questões locais de custos e coberturas. Cada proposta também precisa informar o montante solicitado para o MRC, para as FAPs e para cada uma das FAPs relacionadas. Os recursos das FAPs poderão cobrir despesas com viagens dos membros brasileiros, seguro de viagem, diárias e itens de consumo, bolsas, equipamentos e serviços, de acordo com critérios estabelecidos pela Fundação equivalente. Algumas FAPs poderão incluir Guidelines específicas detalhando critérios de uso dos recursos.

Submissão

As propostas deverão ser elaboradas, em inglês, de acordo com o documento MRC-Confapguidance for applicants (http://confap.org.br/news/wp-content/uploads/2017/07/UK-Brazil-guidance-for-applicants.pdf)e submetidos, juntos aos formulários de custos, até o dia 26 de setembro de 2017. Deverão ser submetidas duas cópias da proposta – uma para o MRC e uma para o Confap. A submissão no sistema do Confap (https://sigconfap.ledes.net/) será aceita até as 13 horas, do horário de Brasília, e será realizada apenas por um dos PI brasileiros, definido em comum acordo pelos participantes. Os proponentes britânicos deverão submeter a proposta até as 16 horas (BST), do dia 26 de setembro, no Je-S System.

As propostas que incluem PI do Estado de São Paulo e que solicitam fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) deverão submeter também uma outra cópia, seguindo as Guidelines da Fapesp (www.fapesp.br/11089).

Acesse a documentação aqui: http://confap.org.br/news/newtonfund/

Mais informações:

– Proponentes britânicos: international@headoffice.mrc.ac.uk

– Proponentes brasileiros (exceto do Estado de São Paulo): fundonewton.confap@gmail.com

– Porponentes do Estado de São Paulo: http://www.fapesp.br/en/contactus/
Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do Confap.