DAAD lança segunda chamada de 2020 do programa de auxílio para doutorandos brasileiros com bolsa nacional

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) lança a segunda chamada de 2020 do programa de auxílio para estadias de pesquisa na Alemanha para doutorandos brasileiros com bolsa no país. Trata-se de um financiamento complementar à bolsa nacional concedida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou por uma Fundação Estadual de Amparo à Pesquisa (FAP) participante do programa, entre elas a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Será possível se candidatar ao auxílio entre 15 de outubro e 15 de novembro de 2020 para estadias de pesquisa entre 1º de maio de 2021 e 31 de janeiro de 2022.

O objetivo do programa é viabilizar a permanência de estudantes brasileiros de doutorado na Alemanha por dois a seis meses (sem interrupção da vigência da bolsa da agência brasileira). Os estudantes podem escolher entre universidades, institutos de pesquisa, laboratórios ou bibliotecas na Alemanha para realizar pesquisas específicas, relevantes para o desenvolvimento da tese de doutorado.

Todos os detalhes sobre o auxílio, os requisitos e o processo de candidatura se encontram neste documento (em português), e no edital (em inglês) no site do DAAD.

FAPs participantes do programa de auxílio para doutorandos:

1. FACEPE – Pernambuco

2. FAPEAL – Alagoas

3. FAPEAM – Amazonas

4. FAPEAP – Amapá

5. FAPEG – Goiás

6. FAPEMA – Maranhão

7. FAPEMIG – Minas Gerais

8. FAPERGS – Rio Grande do Sul

9. FAPERJ – Rio de Janeiro

10. FAPERN – Rio Grande do Norte

11. FAPES – Espírito Santo

12. FAPESB – Bahia

13. FAPESC – Santa Catarina

14. FUNDECT – Mato Grosso do Sul

15. FAPERO – Rondônia

16. FAPT – Tocantins

17. Fundação Araucária – Paraná

Mais informações: www.daad.org.br/auxilio ou pelo E-mail: auxilio@daad.org.br

Fonte: DAAD