Empresa de SC é referência na rastreabilidade de frutas, legumes e verduras

Feirantes foram flagrados comercializando alimentos com agrotóxicos como se fossem produtos orgânicos, em feiras livres de Florianópolis. A fraude foi comprovada por fiscais que recolheram amostras dos produtos e realizaram testes que indicaram um índice de agrotóxicos acima do permitido nos alimentos. Uma das questões levantadas na matéria foi como garantir a confiabilidade dos alimentos, principalmente, para o consumidor final, uma vez que a única garantia dele é a palavra ou propaganda do vendedor.

A PariPassu, empresa de Florianópolis, fornece um sistema que permite o rastreamento de produtos desde o plantio até a gôndola. A empresa também encabeça um programa pioneiro no país, o Programa Alimento Saudável (PAS), reconhecido pela FAO/ONU que possibilita aos consumidores que monitorem o resíduo de agrotóxicos dos hortifrutigranjeiros, além de obter todas as informações do produto, da origem até o consumidor final.

App5c Zoran

App5c Zoran

Garantia de procedência

A rastreabilidade de alimentos é o controle da movimentação de um produto desde a sua origem (fazenda) até o destino final (supermercado). Quando realizada com o sistema adequado permite uma série de vantagens para a empresa posicionar-se proativa frente ao mercado como na realização de recalls, auditorias para o aprimoramento contínuo da qualidade de produto, até a gestão de fornecedores e comunicação com o cliente final: um rótulo com a etiqueta da rastreabilidade PariPassu permite a abertura de um novo canal de comunicação com o cliente final, que pode acessar informações sobre a empresa, avaliar e deixar comentários sobre os sobre os seus produtos.

Programa Alimentos Saudável (PAS)

Mais de 200 fornecedores e 15 redes de supermercados de SC participam do Programa Alimento Seguro (PAS). O programa é um fluxo de informação integrado, utilizando um software de registro de dados e comunicação entre produtor, distribuidor, supermercado e consumidor, e estimula boas práticas para o desenvolvimento de toda a cadeia de abastecimento. Esta base colaborativa de trabalho – com todos os envolvidos compartilhando informações em uma mesma plataforma – gera informações que o consumidor pode acessar por meio da leitura de QR Code em pleno ponto de venda.

De iniciativa estadual, o PAS serviu como estímulo para a criação do Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos (RAMA), desenvolvido pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) e que conta com a Paripassu como coordenadora técnica. No dia 22 de fevereiro, a ABRAS vai divulgar o primeiro balanço do programa nacional de rastreabilidade, que tem como objetivo controlar a qualidade e a quantidade de agrotóxicos utilizados na produção de alimentos.

 

Transparência valorizando boas práticas

Com cerca de 7 bilhões de kg de alimentos rastreados em frutas, legumes, verduras e proteínas, o sistema rastreador Paripassu, há mais de 10 anos no mercado, é a escolha de parte dos maiores produtores de frutas, legumes e verduras do Brasil e do mundo. O seu formato colaborativo, permite o apoio na gestão dos processos trazendo mais transparência e confiabilidade para o consumidor final. O sistema permite o registro das informações relativas às origens e aos destinos dos alimentos perecíveis através de um código de rastreabilidade único e exclusivo para cada lote comercializado. Este código acompanha o alimento através de toda a cadeia produtiva, podendo ser consultado, a qualquer momento, por todos os elos envolvidos no processo.

Fonte: PariPassu – Sistema para Rastreabilidade Inteligente de Orgânicos