Fapesc apresenta proposta de Fundo Patrimonial ao Conselho Superior

Reunião do Conselho Superior da Fapesc foi online

Os representantes do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) participaram de reunião online, nesta quarta-feira. Além das apresentações realizadas pelas diretorias de Ciência, Tecnologia e Inovação e de Administração e Finanças, eles ficaram conhecendo a proposta do Fundo Patrimonial.

A Organização Gestora de Fundo Patrimonial (OGFP) permitirá que recursos da iniciativa privada possam ser aplicados em programas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI). “O fundo patrimonial é o conjunto de ativos de natureza privada instituído, gerido e administrado pela Organização Gestora de Fundo Patrimonial com o intuito de constituir fonte de recursos de longo prazo, a partir da preservação do principal e da aplicação de seus rendimentos”, explica o assessor de Projetos e Captação de Recursos da Fapesc, Leonardo De Lucca.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen reforça que essa uma ação importante e que no futuro trará muitos benefícios para o ecossistema de CTI em Santa Catarina. “Estamos plantando uma semente e que lá na frente permitirá um investimento muito maior nesse ecossistema tão importante para o desenvolvimento do nosso Estado”, pontua.

A abertura da reunião foi realizada pelo presidente da Fapesc, que ocupa a vice-presidência do Conselho Superior. O presidente do Conselho Superior e secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira, cumpria outros compromissos pré-agendados. Holthausen fez uma explanação das últimas ações como, por exemplo, a mudança na Identidade Visual, e também como a Fapesc vem se adaptando às alterações devido à pandemia de Covid-19.

Os 19 editais lançados em 2019 e os 11 (até o dia 24) de 2020 foram detalhados pelo diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação, Amauri Bogo. O destaque foi a contribuição da Fapesc com incentivo à pesquisa e inovação no combate ao coronavírus. Os conselheiros também foram informados da programação para o segundo semestre. Já o relatório financeiro ficou por conta do diretor de Administração e Finanças, Wânio Wiggers.

Ao fim da reunião online os conselheiros puderam fazer ponderações e também tirar dúvidas.