ITAIPU TERÁ PROJETO DE SUSTENTABILIDADE EM PARCERIA COM STARTUP DO SINAPSE

Com foco nas ações de planejamento urbano, o Governo Municipal de Foz do Iguaçu, assinará na próxima segunda-feira (28), uma carta de intenções com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e a Infravias (startup ligada à tecnologia) para desenvolver um projeto piloto de sustentabilidade no bairro Itaipu “A”. O ato será realizado no gabinete do prefeito, às 10 horas.

 

O projeto inovador de planejamento urbano busca encontrar soluções inteligentes para o desenvolvimento sustentável das cidades. Para o Itaipu “A”, será elaborado um plano de revitalização do bairro com foco na infraestrutura, mobilidade e meio ambiente.

 

“Temos o compromisso de desenvolver a nossa cidade de forma moderna, inteligente e sustentável. O sistema da Infravias que aplicaremos no projeto piloto, contribuirá para que alcancemos metas para uma melhor qualidade de vida à população”, comentou o prefeito em exercício, Nilton Bobato.

Sinapse
A Infravias é uma startup brasileira criada no âmbito do programa Sinapse da Inovação, da FAPESC. (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). Ela visa visa desenvolvimento tecnológico e sustentabilidade para o planejamento urbano, pautada no conhecimento e experiências internacionais. Através de acordos de cooperação são desenvolvidas soluções inovadoras para as áreas de infraestrutura e mobilidade para cidades inteligentes.
A empresa desenvolveu um sistema de infraestrutura e mobilidade sustentável, através da organização das redes sob calçadas e ciclovias. O Sistema Infravias  é uma solução de infraestrutura urbana que propõe um modelo sustentável de valas subterrâneas sob calçadas e ciclovia, utilizando na construção plástico reciclado oriundo do lixo urbano. Além de organizar as redes de gás, água, esgoto, energia elétrica, comunicações e drenagem pluvial.
 
O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) realiza o desenvolvimento regional, sustentável, por meio de atividades que propiciem o desenvolvimento institucional, científico, tecnológico e de inovação. Capacitação profissional, e a geração de empresas, emprego e renda, interagindo, para esses fins, com entidades públicas e privadas, acadêmicas e de pesquisa, de fomento e de produção.
Fonte: Site do Governo do Município de Foz do Iguaçu, com acréscimos da FAPESC