Novo presidente da FAPESC quer recuperar protagonismo da instituição em CTI

Diretores e colaboradores da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) assinaram um Termo de Comprometimento simbólico que representa o alinhamento da equipe com o objetivo de dinamizar o funcionamento da instituição. “Vamos trabalhar para que a FAPESC continue se projetando nos cenários nacional e internacional, como vem fazendo há anos. E também para que recupere o protagonismo no apoio à pesquisa e na inovação”, disse o novo presidente, Fabio Zabot Holthausen, na primeira reunião geral que conduziu, na tarde do dia 21 de janeiro.

Desburocratização, transparência, redução da estrutura, melhoria do fluxo de processos e de resultados, eliminação de funções redundantes, maior eficiência e eficácia administrativa mediante redução de gastos são algumas das metas para a gestão 2019-2022, em consonância com a reforma administrativa proposta pelo governo do Estado. “A gente vai pautar muitas de nossas ações nesse pensamento”, acrescentou o presidente. Ele havia sido nomeado para assumir o cargo pelo Governador Carlos Moisés no dia 3 de janeiro de 2019, quase 10 anos após ter criado – juntamente com outros professores da Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina) – a Agência de Inovação e Empreendedorismo (AGETEC), onde atuou como Consultor Jurídico, Gerente do Escritório de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e Gerente do Escritório de Projetos e Prestação de Serviços Tecnológicos.

Holthausen também coordenou a Incubadora de Empresas CRIE e o Parque Científico e Tecnológico da Unisul (UniParque), além de ter atuado como Conselheiro e Secretário do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Tubarão, Membro da Câmara de Inovação da ACAFE, Conselheiro do Conselho de Administração da Fundação Unisul, Membro do Comitê de Implantação do Centro de Inovação da região da Amurel (Associação Municípios Região de Laguna), sem falar na organização de eventos estaduais e nacionais, como o Congresso Brasileiro de Propriedade Intelectual, o Seminário Nacional de Inovação e o Innovation Summit SC 2018.

Ainda no ano passado, recebeu da Ordem dos Advogados do Brasil, homenagem pelos 20 anos de advocacia, considerando que se formou em 1998 e já no ano seguinte se tornou professor universitário (1999). Tem Especialização em Liderança e Gestão de Instituições de Ensino Superior (Unisul), MBA em Gestão Empresarial (Universidade do Extremo Sul Catarinense) e Mestrado em Direito Constitucional (Unisul).

Currículo ampliado em http://www.fapesc.sc.gov.br/diretorias-e-gerencias/

Fonte: Coordenadoria de Comunicação da FAPESC