Pesquisa

Universal

Foi um dos primeiros programas a ser instituído na FAPESC, em 2001, e atende todas as áreas do conhecimento. Podem participar dos editais Mestres e Doutores residentes em Santa Catarina e vinculados a alguma instituição de ensino ou pesquisa, pública ou privada sem fins lucrativos, com sede no estado. Já atendeu mais de mil projetos de pesquisa científica.

PPSUS

O Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde contribui para resolução dos problemas de saúde da população brasileira e para o fortalecimento da gestão do SUS.  O programa contribui para a melhoria da qualidade de atenção à saúde em Santa Catarina e  para o desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação regional, descentralizando os recursos destinados a pesquisas em saúde. O PPSUS é coordenado pelo Ministério da Saúde em parceria com a FAPESC e a Secretaria de Estado da Saúde.

INCT

O Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia tem coordenação do MCTI  e é operacionalizado pelo CNPq em parceria com a FAPESC. Os INCTs são redes de pesquisa em áreas estratégicas, que articulam os melhores grupos de pesquisa do país.

PRONEX

O Programa de Apoio a Núcleos de Excelência é realizado pela FAPESC em parceria com o CNPq e apoia grupos consolidados de pesquisadores de diferentes instituições, que realizam estudos na mesma área.

PRONEM

O Programa de Apoio a Núcleos Emergentes é realizado pela FAPESC em parceria com o CNPq e apoia pesquisadores que tenham destaque na sua área de conhecimento, mas ainda não atingiram nível de excelência.

PPP 

O programa Primeiros Projetos de Pesquisa para Jovem Pesquisador é realizado pela FAPESC em parceria com o CNPq tem o objetivo de incentivar a formação de novos grupos de pesquisa em instituições catarinenses de ensino e pesquisa, além de estimular jovens a iniciarem a carreira.

REPENSA

O Programa Redes Nacionais de Pesquisa em Agrobiodiversidade e Sustentabilidade Agropecuária é financiado pela FAPESC em parceira com o CNPq.  O objetivo é organizar e integrar redes de estudos e de pesquisa, de abrangência nacional.

SISBIOTA

O Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade é realizado pela FAPESC em parceria com o CNPq e tem o objetivo de fomentar e ampliar o conhecimento da biodiversidade brasileira, melhorar a capacidade preditiva de respostas a mudanças climáticas e de uso e cobertura da terra.

REFLORA

O programar Plantas do Brasil: Resgate Histórico e Herbário Virtual para o Conhecimento e Conservação da Flora Brasileira tem como objetivo resgatar e disponibilizar para o Brasil e para o mundo imagens e informações de amostras da flora brasileira coletadas até o século XX. É uma iniciativa do CNPq, em parceria com a FAPESC e o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Biodiversidade 

O programa tem o objetivo de apoiar projetos de pesquisa científica, tecnológica e inovação, relacionados à conservação e ao uso sustentável da biodiversidade em Santa Catarina.

A primeira Chamada Pública, lançada em 2009, fomentou 35 projetos de grupos de pesquisa de todo estado. A segunda edição, em 2012, foi uma parceria da FAPESC com a FATMA, cujos doze projetos aprovados são direcionados às unidades de conservação estaduais.

PAP UDESC

O Programa de Apoio à Pesquisa auxilia grupos de pesquisa, cadastrados no Diretório dos Grupos de Pesquisas do Brasil do CNPq, dos diversos campi da UDESC.

Estruturante

O Programa Estruturante, parceria da FAPESC com o CNPq e a FINEP,  tem como objetivo estruturar uma rede de pesquisa de tecnologias de informação e comunicação aplicadas à área de saúde e qualidade de vida.

Carvão Mineral

Apoio a programas e projetos estratégicos, que visem a implantação de estrutura física e desenvolvimento de atividades de pesquisa científica e tecnológica relacionadas ao uso do carvão mineral catarinense.