Programa Nascer

Conheça o Programa Nascer

O que é o Programa Nascer de Pré-Incubação de Ideias Inovadoras? 

O Programa Nascer de Pré-Incubação de Ideias Inovadoras é uma parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) que visa estimular o empreendedorismo inovador – um dos fatores mais importantes para o crescimento econômico.

O objetivo do programa é dar suporte para que pessoas com ideias inovadoras passem por um período de pré-incubação e desenvolvam um Plano de Negócios estruturado para iniciar sua startup. 


Como funciona o Programa Nascer de Pré-Incubação de Ideias Inovadoras?

Durante o programa, os selecionados passarão cinco meses em processo de pré-incubação, apoiados por ferramentas, consultoria técnica e mercadológica, mentorias, assessorias e apoio institucional para transformação das ideias inovadoras em planos de negócios para novos empreendimentos, favorecendo o crescimento da economia da região, do Estado e do País. 

Como será a seleção das ideias?

O Programa Nascer de Pré-incubação de Ideias Inovadoras – 2ª Edição recebe propostas em fluxo contínuo até completar 360 projetos aprovados. As propostas devem ser submetidas na Plataforma de CTI da Fapesc, sendo obrigatória a disponibilização de um pitch via Youtube: um vídeo de três a cinco minutos, mostrando uma visão geral de uma ideia, produto, serviço, pessoa, ou negócio projetado para atrair rapidamente a atenção e convencer os ouvintes a se interessarem na proposta apresentada. As informações completas estão disponíveis no site da Fapesc.

Para essa edição, serão aprovadas até 360 ideias, distribuídas entre 30 cidades-pólos, sendo que 15 destas estão vinculadas aos Centros de Inovação da Rede Catarinense de Centros de Inovação. Ao se inscrever o participante irá indicar a cidade mais próxima de sua residência para que faça parte da turma daquela localidade. É importante considerar que as atividades presenciais, quando demandadas, serão realizadas nas cidades-pólos com Centros de Inovação. Cada cidade terá entre 8 e 12 ideias selecionadas.


Quem pode participar? 

Basta ter uma ideia inovadora, motivação para iniciar um negócio, mais de 18 anos e ser residente no Estado de Santa Catarina. 

Como irá funcionar a 2ª Edição do Programa Nascer?

Serão formadas até 30 turmas de pré-incubação, distribuídas em blocos de até 15 turmas, com início das atividades em datas distintas entre as cidades-polos (relacionados no Anexo 1 da Chamada Pública Fapesc nº 20/2021).

As atividades serão disponibilizadas em modo híbrido (online e presencial), considerando as restrições de cada região. Ressaltamos que os pré-incubados poderão acessar os encontros, oficinas, cursos e palestras, promovidos pelo Programa Nascer em qualquer região do Estado, independente do pólo a que estejam vinculados. 

Quais as responsabilidades dos polos em relação às cidades vizinhas?

No caso das atividades presenciais definidas nas etapas de pré-incubação, as cidades-polos com Centros de Inovação serão os hosts para receberem as turmas das cidades mais próximas que não contam com Pólo Nascer. A empresa executora deverá solicitar e agendar previamente o uso das salas do Programa Nascer, que gentilmente deverá ser cedida para as atividades.

Na primeira edição, estas cidades já eram atendidas nas turmas que rodaram dentro dos Centros de Inovação. Nossa intenção com essa nova dinâmica é proporcionar ainda mais interação dos empreendedores das cidades do entorno.

Como será a execução do Programa Nascer?

A execução do programa é de responsabilidade do Sebrae/SC, que deverá, em breve, informar qual a empresa contratada desta edição e as informações pertinentes a esta parte.

Dúvidas dos Proponentes

Carga horária de 20h semanais é para ser cumprida fisicamente?

As atividades serão disponibilizadas em modo híbrido (online e presencial), considerando as restrições de cada região. No caso das atividades presenciais definidas nas etapas de pré-incubação, as cidades-pólos com Centros de Inovação serão hosts para receberem as turmas das cidades mais próximas que não contam com Pólo Nascer.

A empresa executora deverá solicitar e agendar previamente o uso das salas do Programa Nascer, que gentilmente deverá ser cedida para as atividades.

Na primeira edição, estas cidades já eram atendidas nas turmas que rodaram dentro dos Centros de Inovação. Nossa intenção com essa nova dinâmica é proporcionar ainda mais interação dos empreendedores das cidades do entorno.

Os cursos e mentorias acontecem presencialmente ou de forma remota?

As atividades serão disponibilizadas em modo híbrido (online e presencial), priorizando as atividades remotas, considerando as restrições de cada região.

Dos três integrantes da startup, dois não moram em Joinville, isso inviabiliza a participação?

Os participantes precisam ter residência no Estado de Santa Catarina e não há impeditivo de um dos integrantes ser de outra região desde que as atividades, quando presenciais, sejam realizadas no Pólo mais próximo/escolhido. 

O serviço social (que seria a contrapartida), ele será realizado dentro das 20h estipuladas na carga horária?

Essa contrapartida deve ser realizada em colaboração entre as equipes do Pólo e será definida juntamente ao executor logo no início das atividades.

Alguma dica para o pitch?

Uma sugestão é listar as perguntas que devem ser respondidas para a submissão do projeto: qual a necessidade de mercado da solução, quem esta solução atende, como funcionará, qual o desafio desta solução etc… e criar uma narrativa a partir disso, contando a história de uma forma que quem assista entenda, tenha interesse e se conecte com a solução apresentada a ponto de investir/aprová-la.