Riscos em águas balneares debatidos no último dos 6 workshops Researcher Links em SC

Termina nesta quinta-feira (7 de fevereiro) o workshop Ferramentas de modelagem para avaliação de riscos microbiológicos em águas balneares e de produção de moluscos, resultante de uma parceria entre Conselho Britânico e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), do qual faz parte a FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina).

As duas instituições lançaram a chamada 2017/2018 do programa Researcher Links com recursos do Newton Fund no Brasil e Santa Catarina foi o estado com maior número de eventos aprovados: 6. O programa apoia a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos, sob coordenação de pesquisadores sêniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades. Os professores Luis Hamilton Pospissil Garbossa (da Epagri) e Paulette Posen (do Centro de Meio Ambiente, Pesca e Ciências da Aquicultura do Reino Unido) coordenam o evento que começou dia 4 de fevereiro no Centro de Treinamento da Epagri. Todos os participantes brasileiros são isentos de taxa de inscrição e têm direito a refeições graças ao apoio do governo estadual.

O workshop é uma oportunidade para o compartilhamento de conhecimento e a ampliação de redes de pesquisa sobre riscos microbiológicos em águas balneáveis e destinadas ao cultivo de moluscos. Durante o evento, pesquisadores em início de carreira estão tendo a oportunidade de apresentar suas pesquisas e discutir seus resultados com pesquisadores experientes do Reino Unido e do Brasil. As oportunidades de financiamento geradas no âmbito do Fundo Newton foram abordadas pelo coordenador de projetos da FAPESC, Leonardo de Lucca, no dia 5 de fevereiro. No dia 7, uma discussão final está prevista para as 17hs.

 

Fonte: Coordenadoria de Comunicação da FAPESC