Unisul terá terceiro projeto de pesquisa em parceria com Universidade de Cambridge

O Centro de Meio Ambiente, Energia e Governança de Recursos Naturais, da Universidade de Cambridge e o Centro de Desenvolvimento Sustentável/ Greens da Unisul tiveram o seu projeto: Bridge to Impact (B2I) aprovado pelo Conselho de Pesquisa Econômica e Social – ESRC (Conselhos de Pesquisa do Reino Unido), no âmbito do ESRC do Programa de Conta de Aceleração de Impacto (IAA) 2017-18.

Este será o terceiro projeto de pesquisa conjunto, desde 2014, entre as University of Cambridge e a Unisul.  Este Projeto será liderado pelos Professores Dr. Pablo Salas, professor Jorge Viñuales (Faculty of Land Economy, University of Cambridge) e professor José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra (Greens, Unisul).

De acordo com o professor Baltazar Guerra, o Bridge to Impact (B2I) foi projetado em alinhamento com a orientação do IAA Impact Fund, para aumentar a exploração dos resultados da pesquisa de ciências sociais desenvolvido no projeto ESRC BRIDGE (Building Resilience In a Dynamic Global Economy – Complexidade em escalas no Brasil. O principal objetivo da BRIDGE é desenvolver uma estrutura de análise e engajamento de políticas para efetivamente informar e apoiar o ciclo de políticas no Brasil para alcançar objetivos de desenvolvimento sustentável (proposta BRIDGE, 2015). O envolvimento político na BRIDGE está sendo desenvolvido através de uma extensa rede de partes interessadas, que inclui decisores políticos, organizações privadas e de terceiros setores no Brasil. Em vez de usar uma abordagem baseada em disseminação, a BRIDGE usa um quadro co-produtivo, no qual as diferentes partes interessadas do projeto são convidadas a participar ativamente do processo de pesquisa.

“Com base nos comentários positivos obtidos dos participantes das atividades de engajamento anteriores desenvolvidas na BRIDGE, o projeto B2I foi projetado para maximizar seu impacto através da implementação de atividades personalizadas para a rede BRIDGE de partes interessadas. O B2I irá desenvolver uma abordagem experimental de sessão de entrega multipartite, que foi testada pelo líder do Projeto (Dr. Salas, BRIDGE Research Associate) e os Co-candidatos (Prof. Viñuales e Prof. Guerra, ambos IPs da BRIDGE) no início 2017 no Brasil. As sessões multi-partes interessadas foram um sucesso completo, e o objetivo do B2I é aprimorá-las, e personalizá-las para fins específicos de impacto”, esclarece o professor Baltazar Guerra  (segundo à esquerda na foto abaixo).

 

O professor Baltazar ainda explica que este novo projeto é resultado dos trabalhos do Bridge que vem construindo resiliência numa economia global dinâmica; complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil. O projeto reúne as universidades de Cambridge, no Reino Unido, e a Unisul e conta com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fundo Newton e Research Councils United Kingdom (RCUK). No Brasil o projeto é coordenado pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável/GREENS, liderado pelos professores Baltazar D´Andrade Guerra e Rafael Ávila Faraco.

O Greens reúne mais de 20 pesquisadores, do Brasil, Reino Unido e Estados Unidos da América. Eles vêm das seguintes Universidades: Unisul, UFSC, Universidade de Cambridge (Reino Unido), Universidade de Liverpool (Reino Unido) e as suas linhas de pesquisa são: Os nexos entre água-alimentos e energia no contexto das estratégias de mitigação das mudanças climáticas desenvolvimento Sustentável, educação ambiental e Green campus, cidades sustentáveis, Justiça Ambiental e Refugiados Ambientais.

Fonte: Cilene Macedo
Gestão da Comunicação Institucional/UNISUL